Com a maternidade, descobrimos que nosso corpo pode carregar muito mais coisa do que imaginamos.

Nem sei quantas vezes as pessoas me ofereceram ajuda no supermercado quando me viam carregando bebê-conforto, bolsa e sacola, ou então carregando uma criança no sling e precisando pegar algo que caiu no chão. E a resposta “não, obrigada” não era porque eu não queria ajuda de um estranho, mas sim porque a gente aprende a se virar nos 30 como ninguém.

O pós-parto é uma prova prática na qual adquirimos habilidades e descobrimos aliados, pois muitas vezes estamos sozinhas com o bebê e precisamos pegar a fraldinha que caiu no chão com o bebê no colo, ou segurar o recém-nascido e pegar o shampoo ao mesmo tempo, balançar o carrinho enquanto mexe a panela.

A Pom Pom me desafiou a contar quais são os meus aliados após a maternidade e os principais deles são as partes do meu corpo que antes estavam subtilizadas:
  • Boca e Queixo

Se você acha que a boca só foi feita pra comer, é porque ainda não é mãe. Eu acho que só não fiz igual a cachorro que segura o filhote pela boca, o resto acho que já fiz. Segurar a toalha, a meia, a troca de roupa, a colher do bebê… ixiiii.. Debaixo do queixo já segurei até fralda suja.

mãe polvo maternidade real

  • Pés

Já viu garras melhores do que os dedos dos pés? Pra pegar aquela fraldinha que caiu no chão e jogar no cesto então, é um só movimento. Vejam o vídeo da Miá Mello para PomPom falando sobre a habilidade com os pés!!!

  • Braços

Parece um tanto óbvio, mas as mães têm mais do que dois braços. CERTEZA! Tem alguns invisíveis que são ativados em situação de necessidade extrema.

mae polvo

  • Quadril

O quadril e cintura deviam se chamar: apoiadores de bebê. Quem nunca saiu com o bebê como se fosse uma bacia de roupa pra lavar na beira do rio encaixado no quadril, não teve filhos ainda.

bru e lalal

  • Ombros

Duvido que vocês tivessem utilizado tanto seus ombros antes! Uma hora serve pra brincar de cavalinho, outra hora pra dar altura pra criança assistir um show, outra só pra descansar um pouco os braços. O que seria de nós sem os ombros?

ombros

 

Bjsssss

Esse post contou com o incentivo de uma empresa que acredita no LookBebê e na qual confiamos.

Sobre Aninha

Mãe de um trio de meninas: Bruna (6), Clara (4) e Alice (2). Dedico meu tempo à minha família e ao LookBebê. Antenada, adoro redes sociais e tecnologia e mais ainda, compartilhar conhecimento e informações sobre a maternidade. Sou (fui) Biomédica, pós-graduada em Engenharia Biomédica, mas optei por mergulhar de cabeça na maternidade.