Cada vez mais pais e mães vão tomando consciência da alimentação dos filhos e levando avós e babás a aprenderem junto. Não sei vocês mas eu sou da geração “salgadinho e refrigerante pequeno” na minha pré-adolescência, mas hoje sei que a variedade e qualidade dos alimentos é fundamental para a nutrição balanceada e adequada das crianças.

O que levar na lancheira?

Já postei algumas vezes no instagram na hashtag #lancheiralookbebe algumas opções de lanche que mando para as meninas. Tento sempre combinar o máximo de frutas e vegetais (sim, elas adoram), com um tipo de pãozinho, sanduíche, pão de queijo ou crepioca. 

Algumas opções fáceis de frutas são maça, pera, melão, melancia, morango, uvas, tomate. As verduras que elas mais gostam de levar são: milho verde, pepino e cenoura. O milho de pipoca (feito sem óleo e sal) é fonte de proteína, carboidratos e fibras e também gosto bastante.

Para beber, mando na maioria das vezes água e algumas vezes produtos lácteos.

Uma ótima opção para os pãezinhos acaba de ser lançado pela Pullman – marca de pães que eu adoro, o Dunitê. A base de leite, manteiga e ovos, o pão tipo brioche está disponível em 3 versões: tradicional sem recheio, com recheio de morango e com recheio de chocolate.

Todas as versões são livres de corantes e aromatizantes. Legal né?

A embalagem também facilita muito! A versão sem recheio tem ‘zip’ abre e fecha, o que garante a conservação da consistência dos pãezinhos sem precisarmos daqueles prendedores (que aqui em casa somem sempre que preciso de um)! rs Já os recheados, são embalados individualmente. Achei super prático e inteligente.

Veja mais sobre o produto em mundopullman.com.br/dunite

E aí, gostaram das dicas?

Esse post contou com o incentivo de uma empresa que acredita no LookBebê e na qual confiamos.

Sobre Aninha

Mãe de um trio de meninas: Bruna (6), Clara (4) e Alice (2). Dedico meu tempo à minha família e ao LookBebê. Antenada, adoro redes sociais e tecnologia e mais ainda, compartilhar conhecimento e informações sobre a maternidade.
Sou (fui) Biomédica, pós-graduada em Engenharia Biomédica, mas optei por mergulhar de cabeça na maternidade.