4 comments

Quase todas  Algumas mulheres morrem de medo das terríveis estrias da gestação. Calma! Seu aparecimento pode ser evitado ou no mínimo amenizado. Dizem que quem tem tendência a ter estrias, dificilmente consegue sair “ileso”, mas temos que tentar, né?!

Como nós sabemos, a estria é a ruptura da pele devido ao estiramento do tecido. O que podemos fazer? Em primeiro lugar devemos evitar o ganho excessivo de peso seguindo uma boa alimentação e exercícios leves; em segundo, preparar a pele com cremes específicos anti-estrias para que a pele suporte essa grande mudança. Ah! Sobre o óleo de amêndoas? Algumas pessoas passam concomitantemente com o creme, mas li em diversos lugares que não adianta usar somente o óleo, pois ele não tem propriedade hidratante. Usei algumas vezes o Natura Mamãe e Bebê, pois ganhei de presente e era muito cheiroso, além de fazer parte de um kit super fofo com livro e cd de música relaxante.

Como usar o creme anti-estrias?

Passar ao menos 2 vezes ao dia. Espalhe pelo corpo, mas principalmente barriga, cintura, costas, lateral de coxa, bumbum e seios. Atenção especial aos seios, nunca na aréola. O uso de hidratante dessa região pode “dificultar” a amamentação, pois deixa a pele mais fina e sensível, e a nova mamãe pode sofrer muito para conseguir amamentar. (A preparação do mamilo é feita de outra maneira… Leia aqui).

Quando?

Se você já mantém a pele hidratada antes de engravidar, ótimo. Comigo não foi assim. Nunca gostei muito de cremes e de me sentir “melecada” Rsrs, questão de hábito. Assim que descobri a gravidez, comecei a passar o creme específico pra prevenção de estrias. Quanto antes melhor, pois a pele terá um tempo para adquirir maior elasticidade ao mesmo tempo que a barriga e seios começam a crescer.

Nunca é tarde para aparecer a tal estria, portanto, não relaxe quando estiver no oitavo ou nono mês de gestação, pois ela ainda pode aparecer. Inclusive após o parto, quando notei uma única estria triste e solitária na cintura! Risos

Eu passei muito menos creme no seio do que na barriga. Não façam isso. Rsrs a barriga cresce muito, e você acredita que seu seio não aumenta proporcionalmente e que é bem mais tranquilo. Errado. A barriga cresce uma única vez, gradativamente, durante os 9 meses. Os seios, além desse crescimento gradativo, literalmente enchem e esvaziam muitas vezes ao dia, durante alguns meses após o parto e a chance da estria aparecer durante o período de amamentação é muito maior.

Bom, vamos aos cremes. Vou citar 4, sendo 2 nacionais e 2 importados:

  • Gerare – Primeiro creme que usei. Foi indicado pela querida amiga Carol. Fácil de espalhar pelo corpo e cheiroso.

A embalagem tem 120g e custa de 50 a 60 Reais.

(Não encontrei nenhuma farmácia online com o produto disponível! Será que saiu de linha depois de apenas 3 anos do lançamento?)

  •  Luciara – Indicado pela minha médica, que me deu uma amostra grátis. Bem grosso e mais difícil de espalhar. Não é tão legal nos dias de pressa, mas dá sensação que a pele está mais hidratada, com mais colágeno (acho que por ser mais grudento! Rsrs)

A embalagem tem 200g e custa cerca de 65 reais.

  • Palmers Cocoa Butter – Indicado pela minha comadre Tyara. Super fácil de espalhar e super indico! Quando viajei comprei umas 6 unidades e usei a gravidez toda.

A embalagem tem 250g e custa cerca de 7,50 Dólares mais taxa. Melhor custo-benefício para quem tem a oportunidade de comprar fora. Vendido nas principais farmácias e algumas lojas especializadas. Obs: Dizem que o “pote” com o creme pastoso é bem mais eficiente do que essa loção da imagem.

  • Mustela – Marca francesa super conhecida. Fácil de espalhar e super cheirosa.

A embalagem tem 200g e custa entre 35 e 40 dólares mais taxa. No Brasil encontramos o mesmo creme de 120 a 180 reais. Vendido em farmácias e lojas especializadas.

Esses foram os que testei. Também ouvi falar muito bem da Linha Maternité da Payot e Mamãe e Bebê da Natura, mas é claro que existem inúmeras marcas, algumas mais baratas outras mais caras, possivelmente tão boas quanto essas.

Espero ter ajudado. Dúvidas, sugestões, fiquem a vontade para comentar e perguntar.

Bjinhos

Sobre Aninha

Mãe de um trio de meninas: Bruna (6), Clara (4) e Alice (2). Dedico meu tempo à minha família e ao LookBebê. Antenada, adoro redes sociais e tecnologia e mais ainda, compartilhar conhecimento e informações sobre a maternidade.
Sou (fui) Biomédica, pós-graduada em Engenharia Biomédica, mas optei por mergulhar de cabeça na maternidade.