Um filme pra família toda se divertir, quem não gosta? A nova animação da DreamWorks é uma comédia que muitos de vocês vão se identificar. Ela trata a importância da família de uma forma diferente: mostra o impacto da chegada de um novo bebê! Mas não é um bebê comum. Ele fala como adulto, usa terno e uma pasta e foi enviado pela Baby Corp para combater o crescimento da popularidade de cãezinhos, e o Tim (irmão do bebê) narra toda a história e se junta ao irmão nessa aventura.

A história tem um “que” de Fantástico Mundo de Bobby, mistura realidade e fantasia, e a imaginação do pequeno Tim de 7 anos vai longe.

Nós fomos assistir a pré-estreia e viemos aqui contar pra vocês em primeira mão!

o poderoso chefinho
Eu e minhas “chefinhas”!
O que achamos do filme O Poderoso Chefinho

Com classificação livre, fui com meu marido e nossas três meninas: Bruna, 6 anos, Clara, 4, e Alice, de 1 ano e 8 meses. De acordo com a minha experiência, acho que até a idade da Alice eles não absorvem muito, mas têm total condição de ir junto e se divertir. A partir dos 4-5, as crianças também conseguem entender melhor as piadas e sabem que as mensagens passadas na primeira metade do filme não representam exatamente o que acontece quando chega um bebê na casa – é mais fruto da imaginação de um futuro irmão mais velho! Mas confesso que, no começo, fiquei um pouco tensa pensando que um espectador pequeno, de 3 – 4 anos, com um irmãozinho a caminho, poderia ficar chateado. Se você for assistir com um filho nessa idade, não se preocupe, pois tem uma virada muito legal!

Confira abaixo o trailer do filme e também o nosso vlog:

 

Bjssss

Esse post contou com o incentivo de uma empresa que acredita no Lookbebê e na qual confiamos.

 

Sobre Aninha

Mãe de um trio de meninas: Bruna (6), Clara (4) e Alice (2). Dedico meu tempo à minha família e ao LookBebê. Antenada, adoro redes sociais e tecnologia e mais ainda, compartilhar conhecimento e informações sobre a maternidade. Sou (fui) Biomédica, pós-graduada em Engenharia Biomédica, mas optei por mergulhar de cabeça na maternidade.