Aos 30 anos (mentira, 31) e três filhas na bagagem, comecei a ver que era hora de me cuidar. Ser magrinha ficou na infância e adolescência. Depois que virei mulher tinha um corpo normal. Pra muitas pessoas, eu era magra, mas a verdade é que nunca me cuidei de verdade.

Depois da gravidez da Alice (na qual me propus a engordar bem pouco e voltar a forma aos 30 mais rápido) eu relaxei e não fiz nada do que imaginava.

Procurei iniciar uma atividade mas acabei dando prioridade para outros gastos e o fato de não estar fazendo nada por mim me fez desencanar de tudo. Comia por gula e as dietas e mudanças na alimentação não duravam mais do que uma semana. Uma semana regrada e outras duas, três, quatro erradas.

Como falei no post anterior, em fevereiro comecei a usar o Snapchat (que eu tinha há uns 2 anos mas não sabia mexer kkkk) e ver meu rosto manchado e cansado todos os dias me incomodava bastante. Aliás, os filtros engraçados são ótimos para esconder isso. Mas uma hora cansa ficar se escondendo em filtros com “medo” de postar a cara pálida ali e ficar vendo a triste realidade. (Juro que não sei como alguém consegue fazer snaps repetidamente e colocar filtros em cada um deles sem se perder no assunto). Um deixa tudo liso e perfeito, outro afina o rosto, e pode ver que muita gente usa pra se sentir melhor.

Pele

Eu não tinha o hábito de passar filtro solar todos os dias (mesmo na gravidez eu não fui disciplinada) e com o aparecimento de algumas manchinhas resolvi marcar mais uma consulta com a minha dermatologista Dra Daniela Leal (aqui em Campinas) e com isso, uma coisa foi levando a outra. Entendam abaixo porque.

Como contei no post Cuidados com a Pele e Tratamento para manchas da gravidez, a dica dela foi: coloque uma bandeja com todos os seus cremes sobre a pia para não esquecer.
Depois que comprei tudo e entendi a sequência dos cremes, montei a bandeja e nunca mais fiquei sem passar nenhum deles. No post acima tem um vídeo do uso deles. Inclusive levei comigo tudo o que eu precisava em 2 viagens.

dermocosmeticos
Como preciso passar o filtro e ele é com cor, todos os dias já fico com um aspecto menos pálido e cansado e com a pele uniforme. Se completar com um blush e batom então, melhor ainda. Já dá outro astral.

Nesse dia na clínica da Dra Daniela, vi uma pessoa desmarcando a nutricionista e pensei: é aqui mesmo que vou marcar pro meu marido, já que ele havia pedido. Ela me indicou a Analice Sbroggio, uma das nutricionistas que atendia na clínica, pois seria mais o nosso perfil.

Alimentação – Nutrição Funcional

Fui com ele na consulta e aproveitei para tirar algumas dúvidas pois desde a gravidez da Clara tive um pouco de hemorróidas e com o passar dos anos percebi que o creme de leite me faz muiiiito mal (gases), assim como excesso de outros alimentos e doces. A Analice sugeriu que marcássemos retorno para os 2, e assim eu seguia acompanhando também a partir da segunda consulta. Adorei a idéia. (Em outro post vou entrar em detalhes sobre a nutrição funcional, ta?)

Saímos da consulta super empolgados, fiz uma compra daquele itens indispensáveis e um tanto caros como óleo de coco, chia, amaranto, quinua, mas não consegui me organizar e melhorar a alimentação logo de cara. Sempre faltava alguma coisa para o suco funcional (que até hoje não fiz). Primeiro comprei a agua de coco e a amora, depois vi q não tinha couve e gengibre, depois estragou a agua, depois comprei garrafinhas, enfim. Coisa de principiante. Falta de prática.

Como não conseguimos seguir, cancelamos o retorno pois o Breno precisava ir viajar. Por sorte, a nutri comentou no meu insta se o retorno já estava chegando e falei que tínhamos desmarcado. Ela disse que essa era a hora mais importante de voltar pra ela saber o que funcionava pra gente e o que não funcionava, e ajustar as recomendações mas que eu não podia desistir!!!! Falei que não desistiria, e remarquei o meu retorno.

Dessa vez estava sem horário e só consegui a consulta para uns 20 dias depois, numa segunda-feira. Por coincidência do destino, fui para um presstrip conhecer um hotel no final de semana e com tanta coisa boa, “me acabei” de tanto comer. No domingo e na segunda eu estava estufada, com muitos gases, intestino preso e abdômen dilatado. Era o que eu precisava pra tomar coragem de mudar realmente a minha alimentação pois estava me fazendo muito mal.

Acordei atrasada e fui em jejum para a consulta, o que foi ótimo, pois ela pode me pesar, ver taxa de água, massa magra e gordura corporal. O primeiro retorno será em 20 dias e voltaremos a avaliar esses dados, mas com 2 dias e meio de dieta (evitando refinados e leite) já vejo muita mudança no intestino.

A terceira mudança foi nas atividades físicas, mas continuo a contar amanhã. (Hora de buscar as crianças ma escola)

 Bjssssss

 

Sobre Aninha

Mãe de um trio de meninas: Bruna (5), Clara (3) e Alice (1). Dedico meu tempo à minha família e ao LookBebê. Antenada, adoro redes sociais e tecnologia e mais ainda, compartilhar conhecimento e informações sobre a maternidade. Sou (fui) Biomédica, pós-graduada em Engenharia Biomédica, mas optei por mergulhar de cabeça na maternidade.