Muitas mães e pais relatam a dificuldade de ter um filho internado e até então eu não tinha passado por isso. De repente precisei entregar a Alice aos cuidados da minha família aos 8 meses, comprar fórmula, tirar leite no meio do PS, me dividir, aguardar exames, mas no final ficou tudo bem.

No vídeo do post de hoje relato como foi a queda da Clara de quase 3 metros e a internação para exames.

Depois de 2 dias de internação em Volta Redonda-RJ acompanhando com tomografias, fomos para SP e ela ficou em observação por mais 2 dias no Einstein  (foi quando contei da queda nas minhas redes sociais depois de 4 dias “sumida”), onde fez Eletroencefalograma. Depois de cerca de um mês o inchaço havia acabado e os exames estavam normais.

Obrigada a todos que me ajudaram e mandaram energia positiva. No vídeo eu explico porque não ficamos falando detalhes antes, porque também tínhamos um monte de duvidas e não adiantava criar alarde sem termos uma noção exata de tudo.

 

Bjosss

Sobre Aninha

Mãe de um trio de meninas: Bruna (6), Clara (4) e Alice (2). Dedico meu tempo à minha família e ao LookBebê. Antenada, adoro redes sociais e tecnologia e mais ainda, compartilhar conhecimento e informações sobre a maternidade.
Sou (fui) Biomédica, pós-graduada em Engenharia Biomédica, mas optei por mergulhar de cabeça na maternidade.